Serviços
  Acupuntura
 

     A Acupuntura que etimologicamente designa a "punção com agulhas", é uma modalidade terapêutica milenar, que remonta mais de 4,5 mil anos, consistindo o método na estimulação de pontos cutâneos com o uso de agulhas. Essas agulhas são extremamente finas, variando o seu diâmetro de 0,15 a 0,50 milímetros , e comprimento variável de 0,5 a 10 centímetros, geralmente constituídas de aço inoxidável.
Originária da China, os chineses evidenciaram que um órgão perturbado em seu funcionamento, certos pontos do revestimento cutâneo apresentavam-se especialmente sensíveis. A localização desses pontos dolorosos variavam de acordo com o órgão afetado. A pressão sobre estes pontos dolorosos repercutia sobre o órgão correspondente, produzindo-se em geral um alívio dos sintomas.
     Esses pontos passaram a ser estimulados, primeiramente, com lascas de bambu e espinhas de peixe e evoluíram, até a utilização de agulhas de metais, constatando-se que a estimulação com a inserção de objetos pontiagudos possuía uma eficácia maior nos tratamentos. Esses pontos foram designados de pontos de Acupuntura.
     Os pontos de Acupuntura possuem como características:
- uma maior concentração de terminações nervosas;
- uma menor DDP, ou seja, uma menor resistência a passagem de estímulos elétricos.
Os pontos de Acupuntura constituem uma espécie de cadeia, como se uns fossem a continuação dos outros.      Unindo-os por traços imaginários, obtêm-se linhas longitudinais denominadas canais, passagens ou meridianos. Os meridianos estão diretamente relacionados aos órgãos, ou funções corporais, e as demais partes do corpo.
Segundo os chineses, nesses canais flui a energia "Chi", denominada de energia vital, a qual irá banhar todos os órgãos e sistemas orgânicos. Na pessoa sã, a energia vital circula sem bloqueios e as doenças são conseqüência da má distribuição da energia "Chi". Analogicamente, seria como um rio de energia circulante, que percorre todos os órgãos e sistemas e , havendo um bloqueio no seu trajeto, algumas regiões ficam com excesso e outras com falta de energia.
     Existem duas formas básicas de agressões a energia vital:
- agressões externas: todas as formas de excessos, tais como o fumo,l bebidas alcoólicas, alimentação em excesso, alterações climáticas (frio, calor, umidade, etc)
- agressões externas: as alterações emocionais em excesso, como por exemplo, a ira, a cólera, ataca o fígado; a depressão, a melancolia, agride o pulmão; o medo, o temor em excesso, interfere nos rins; etc...
     A Acupuntura consiste em desbloquear essa energia estagnada, restaurando o seu fluxo normal, ou seja, o equilíbrio energético.
     Dentre as moléstias mais comumente tratadas pela Acupuntura, podemos citar: dores articulares e musculares, cefaléias e enxaquecas, tensões emocionais, rinites e sinusites, processos alérgicos e nevralgias.
     A Acupuntura e outras modalidades terapêuticas orientais baseiam-se na filosofia taoista, a qual fundamenta-se na "Lei do Equilíbrio". A pessoa sã não é aquela que não está doente, mas sim, a pessoa que se encontra em equilíbrio e harmonia em relação ao meio social em que vive. O indivíduo adoece quando se evidencia a supressão de alguma de suas necessidades básicas: no fator econômico, social, moral, espiritual, físico e mental.

 Voltar ao topo

 
  Auriculoterapia
 

      A Auriculoterapia é uma forma de tratamento efetuada em determinados pontos específicos da orelha, que correspondem a diferentes regiões do corpo. Apresenta semelhanças e relações com a reflexoterapia, e a acupuntura.
      Essa terapêutica é conhecida por persas, egípcios e chineses há 2.000 anos. Sabe-se que no séc.17 os europeus manipulavam algumas informações sobre auriculoterapia, e um dos expoentes medicinais da época, Antonio Maria Valsalva (1666-1723), aluno de Malpighi, sanava nevralgias faciais e dentárias através de cauterizações em pontos específicos do pavilhão auditivo. Além dele, muitos outros terapeutas cauterizavam os lóbulos das orelhas para a cura de ciáticas.
      Retomando e aprofundando esses conhecimentos nas últimas décadas, o dr. Paul F.M. Nogier, da Universidade de Lyon (França), estabeleceu um mapa topográfico dos pontos correspondentes depois de larga experimentação clínica, considerado o principal responsável pela difusão da técnica.
      Ele compara o pavilhão da orelha a um feto no útero materno, correspondendo o lóbulo a cabeça, a concha (de baixo para cima) a zona glandular ou endócrina, tórax e abdômen, o bordo superior da antélice (eminência do pavilhão da orelha) a coluna vertebral, a parte superior do pavilhão aos membros superiores (em cima e atrás) e inferiores (em cima e na frente).
      O ponto da auriculoterapia é uma concentração de terminações nervosas, e que estimulados através de agulhas, pressões, estimulações elétricas, e calor, irão percorrer ramos nervosos chegando até o tronco cerebral, e percorrendo até o córtex cerebral correspondentes aos órgãos e sistemas orgânicos estimulados, este estímulo chega também até a hipófise, o qual irá desempenhar o papel regulador central, sendo que esta glândula tem uma ação de comando para todas as outras glândulas endócrinas.
      A auriculoterapia trata de vários tipos de transtornos orgânicos, sendo mais conhecido no tratamento da obesidade, tabagismo, cefaléias, enxaquecas, stress, tensão pré menstrual, ansiedade, e na compulsão alimentar.
      No tratamento para as pessoas que querem emagrecer, o estímulo dos pontos auriculares, induz o organismo a produção de hormônios cerebrais que atuam como um inibidor do apetite, tendo efeito tranqüilizador, relaxante, diminuindo com isso a compulsividade alimentar, a ansiedade, e a irritabilidade.
      O aumento de peso na população de classe média é um dado significativo em nosso país, a preocupação vai muito além do lado estético da questão, visto que a obesidade compromete não só o equilíbrio homeostático com conseqüente danos ao sistema cárdio-vascular, riscos de diabetes, e comprometendo também outros sistemas, como o sistema ósteo-muscular, evidenciados como fatores agravantes de dores na coluna lombar, artrites, e no favorecimento do agravamento das lesões articulares e processos degenerativos articulares, as osteoartroses, além do desconforto e limitações.
      A associação da acupuntura, auriculoterapia, a atividade física bem orientada e a reeducação alimentar, conseguiremos a desintoxicação e o reequilíbrio do organismo , e com isso promovendo o bem estar, a melhora de sua auto-estima,e o retorno a sua saúde.
      Em nossa clínica atuamos com programas individualizados para cada caso, dispondo de acompanhamento nutricional elaborados por nossa nutricionista.
      Por se tratar de um método sem contra indicações, e restabelecer o equilíbrio no funcionamento geral do organismo, através da estimulação neuro hormonal, a auriculoterapia vem conquistando cada vez mais adeptos no Brasil e no mundo.

 Voltar ao topo

 
  Fisioterapia
 

      A Fisioterapia é uma área do setor da saúde, de grande importância social, dirigida aos indivíduos portadores de perturbações ou ausência de movimentos, que os levem a incapacidade funcional de órgãos ou sistemas do corpo humano.
      Atua na prevenção, no diagnóstico e no tratamento de problemas físicos e cinético-funcionais, com base nos sólidos conhecimentos técnicos e científicos.
      As ações da Fisioterapia são importantes em todas as fases: tanto preventiva, quanto diagnóstica e terapêutica "curativa e reabilitadora" da saúde.
      Nas ações preventivas, o Fisioterapeuta atua no sentido de evitar o estabelecimento e/ou fixação de débitos funcionais, como a instalação de vícios posturais e na análise postural para evitar deformidades progressivas.
      Na área terapêutica, compreendida pela curativa e reabilitadora, o desenvolvimento do trabalho do fisioterapeuta se faz no sentido de restaurar funções que apresentam algum déficit ou que foram perdidas.

 Voltar ao topo

 
  Fisioterapia do Trabalho
 

      A Fisioterapia do trabalho é uma área específica do setor da saúde de grande relevância para os trabalhadores portadores de perturbações ou déficit nos movimentos, que levam a diminuição de sua capacidade produtiva e, em muitos casos, a total incapacidade funcional. A sua atuação se faz presente na prevenção, na terapêutica, e na elaboração de programas que visam detectar a instalação de possíveis lesões nos trabalhadores.

      Ações propostas de atuação na empresa

      Executar métodos e técnicas fisioterapêuticas com a finalidade de auxiliar na restauração da capacidade física diminuída por lesão ou doença. Análise biomecânica dos gestos e atitudes laborais em seus diversos postos e ambientes de trabalho. Detecção do gesto causal e estruturas acometidas.
      Executar ações educativas sobre prevenção de acidentes e doenças, organizando palestras e divulgando nos meios de comunicação, distribuindo publicações e outros materiais informativos para conscientizar os trabalhadores e empregadores.


      Métodos e mecanismos propostos

      Análise cinético-funcional: através da coleta de dados por questionários, avaliações posturais e testes específicos. Análise ergonômica: análise dos gestos de trabalho, avaliação das condições biomecânicas dos gestos de trabalho.


      Atuação na prevenção

      Orientações posturais, exercícios específicos para os diversos postos de trabalho, técnicas de atividades metabólicas (melhoria do fluxo sanguíneo), técnicas de alongamento e relaxamento muscular.


      Atuação na terapêutica

      Dispomos de vários recursos terapêuticos, dentre os quais destacamos equipamentos de eletroterapia, cinesioterapia, terapias manuais, mobilização articular, osteopatia músculo-esquelético, ginástica e exercícios posturais e acupuntura.


      Benéficos da fisioterapia do trabalho para as empresas

      Aumento da produtividade: o trabalhador sem lesão e bem orientado adapta-se mais facilmente ao ritmo de trabalho e de exigência. Diminuição do absenteísmo: diminuição dos dias de falta de funcionários por queixas de dores e lesões. Tratamento qualificado: tratamento dos funcionários por profissionais especializados. Facilidade na obtenção de certificações das normas da ISO, pelos investimentos na saúde do trabalhador. O trabalho para o ser humano, além de promover a sua subsistência, oportuniza a melhoria de sua auto-estima, sua satisfação pessoal e o reconhecimento da sociedade por ser instrumento vital para o crescimento de sua empresa e de sua comunidade. Adotando-se a política do ganha-ganha, ganha o trabalhador em saúde e ganha a empresa em produtividade.

 Voltar ao topo

 
  Fisioterapia Esportiva
 
 

     A Fisioterapia Esportiva atua no tratamento e recuperação de lesões relacionadas as atividades físicas e esportivas, utilizando-se de meios físicos, equipamentos eletro-eletrônicos, mecânicos, recursos manuais, e exercícios terapêuticos específicos.

 Voltar ao topo

 
  Osteopatia
 

      Tratamento do conjunto das funções do corpo humano exclusivamente manual. Método que consiste no desbloqueio das articulações, obtendo-se uma maior mobilidade articular, melhora do fluxo sanguíneo, diminuição da dor e do processo inflamatório.
      Quando machucamos uma articulação, temos uma lesão articular instalada caracterizada por dor ao movimento, calor, edema, e limitação na movimentação, diminuição da amplitude de movimento articular.
      A Osteopatia visa restabelecer a mobilidade articular diminuída pela lesão, resgatando a função normal da articulação. Esta técnica é muito utilizada para tratamento de lesões desportivas, como entorses de tornozelo e de joelho, dores na coluna vertebral, dores nos ombros, e nas lesões de esforços repetitivos(LER).

 Voltar ao topo

   

 

2007 Todos direitos reservados a Clinica Hashimoto · Fernando Abott 274 - sala 503 · Fone: (51) 3715-1785 · flavio.hashimoto@gmail.com